COMPARTILHAR

A Festa de “Corpus Christi” é a celebração em que solenemente a Igreja comemora o Santíssimo Sacramento da Eucaristia, sendo o único dia do ano em que o Cristo Sacramentado sai em procissão às nossas ruas. Nesta festa, os fiéis agradecem e louvam a Deus pelo inestimável Dom da Eucaristia, na qual o próprio Senhor se faz presente como alimento e remédio para a nossa alma. A Eucaristia é fonte e centro de toda a vida cristã. Nela está contido todo o tesouro espiritual da Igreja, o próprio Cristo. A Festa de “Corpus Christi” surgiu no século XIII, na Diocese de Liége na Bélgica, por iniciativa da freira Juliana de Mont Cornillon (†1258) que recebia visões nas quais o próprio Jesus lhe pedia uma festa litúrgica anual em honra da Sagrada Eucaristia. Em 11/08/1264, o Papa Urbano IV (1262 – 1264) aprovou a Bula “Transiturus de Mundo”, onde prescreveu que na quinta feira após a oitava de Pentecostes, fosse oficialmente celebrada a festa em honra do “Corpo do Senhor”. No dia dedicado ao “Corpo de Deus”, várias cidades brasileiras, organizam procissões, que percorrem as ruas enfeitadas com tapetes. A confecção de tapetes de rua é uma magnifica manifestação de arte popular, é dar importância e exaltar a “Eucaristia”. A tradição de fazer tapetes com flores e folhas vem dos imigrantes açorianos. Essa tradição praticamente despareceu em Portugal continental, onde teve origem, mas foi mantida nos Açores e nos lugares em que chegaram seus imigrantes. As procissões portuguesas eram esplendorosas: tropas, fidalgos, cavaleiros, andores, danças e cantos. A imagem de São Jorge padroeiro de Portugal seguia a procissão montada em um cavalo, rodeada de oficiais de gala.

 

O barroco enriqueceu esta festa com todas as suas características de pompa, e no Brasil a solenidade adquiriu contornos deste barroco português. “Corpus Christi” é celebrada desde a época colonial com abundância de cores, surgindo a nossa tradição na histórica cidade de Ouro Preto, interior de Minas Gerais. Em nossa cidade, Itaúna, é costume dos féis ao raiar do dia, se reunirem no entorno da Praça da Matriz, que tem como Padroeira Senhora Sant’Ana, para enfeitar a passagem do Santíssimo; e utilizando de materiais reciclados tais como raspa de couro, raspa de pneu, serragem, cascas de ovos, tampinhas e outros, de forma cuidadosa vão desenhando e confeccionando belos tapetes de colorido vivo e desenhos de inspiração religiosa. É uma bela tradição que vem se mantendo ao longo dos anos, passando de geração para geração. É uma forma de oração da comunidade envolvida, para demonstrar a devoção no Jesus Sacramentado, que no entardecer se reúnem em procissão e em torno do altar para celebrarem a “Eucaristia”. Em 2017, a Programação da Solenidade de “Corpus Christi” da Paróquia de Sant’Ana, que tem como administrador paroquial Padre Everaldo Quirino Ferreira, será:

 

12/06 – 19 h – Eucaristia: Fonte e Ápice da Vida Cristã – Capela de Nossa Senhora das Graças;

13/06 – 19h – Adoração do S.S. nas comunidades da Paróquia de Sant’Ana;

14/06 – 19h -Adoração do S.S. na Matriz de Sant’Ana , seguida da Santa Missa;

15/06 – 7 h – Missa na Matriz de Sant’Ana e Benção do Envio para a confecção dos

“Tapetes”;

16h30 – Procissão com o S.S., Benção do Santíssimo e Celebração da Santa

Missa.

COMPARTILHAR

Matéria enviada ao Portal Notícias de Itaúna. As matérias enviadas e publicadas no Portal Notícias de Itaúna não refletem necessariamente a opinião do nosso Portal de Informações e são de inteira responsabilidade das pessoas que as assinam.