COMPARTILHAR

Em plebiscito inédito, maioria da classe pede mudança no sistema atual que não impede candidaturas sucessivas

 

Foi realizado nesta quarta-feira, 21 de junho, das 06h30 às 19 horas, o plebiscito proposto pela Secretaria Municipal de Educação e Cultura – Semec, para definição sobre o mandato dos diretores e vices à frente das instituições de ensino, mantidas pela Prefeitura de Itaúna. Dos 364 servidores convidados a opinar, entre professores, coordenadores, pedagogos e os próprios dirigentes das escolas, 300 compareceram à urna, instalada no Espaço Cultural Adelino Pereira Quadros.

 

A maioria, composta por 123 eleitores, foi pelo fim da reeleição, enquanto 114 votaram para que os gestores tenham direito de disputar o pleito novamente, na sequência do período de três anos no cargo. Outros 63 optaram pela manutenção do modelo atual, que não prevê tempo máximo de permanência na direção das unidades educacionais. Não houve votos brancos ou nulos.
Democraticamente, ficou definida a alteração na Lei n.º 3.023/95, no sentido de limitar o mandato dos diretores e vices, o que deverá ser feito por meio de projeto a ser enviado à Câmara para análise e votação dos vereadores. A contagem dos votos, a partir da abertura da urna, às 19h, foi acompanhada pelos membros do Conselho Pedagógico Administrativo – CPA, que compareceram às instituições de ensino da rede municipal, na semana passada, para divulgar e esclarecer as dúvidas dos educadores sobre o plebiscito.

 

“Foi um processo democrático, em que todos os envolvidos tiveram a oportunidade de participar e ajudar a decidir. Queríamos ouvir os servidores que estão no dia a dia das escolas, sabíamos da existência de correntes divergentes, então, nada mais justo que dar a todos a possibilidade de opinar. E, apesar de não ter sido uma convocação e sim um convite, tivemos grande participação, portanto, um resultado muito significativo”, avalia a secretária municipal de Educação e Cultura, Alessandra Nogueira Santos Araújo.

 

 

Assessoria de Comunicação

COMPARTILHAR

Matéria enviada ao Portal Notícias de Itaúna. As matérias enviadas e publicadas no Portal Notícias de Itaúna não refletem necessariamente a opinião do nosso Portal de Informações e são de inteira responsabilidade das pessoas que as assinam.