COMPARTILHAR

Grupo formado pelos jovens atores estreia no domingo, 23, a primeira peça produzida este ano

 

Alunos da oficina de artes cênicas desenvolvida pela Gerência de Cultura da Prefeitura de Itaúna sobem ao palco no próximo domingo, 23 de julho, com o primeiro espetáculo produzido em 2017. A peça “Esquizofrenia – Me chamam de louco apenas por não me entenderem” conta a história de Miguel, um portador de sofrimento mental que enfrenta no dia a dia, por causa da doença, muitas dificuldades, geradas, às vezes, pelo preconceito. A proposta do grupo é contribuir com a conscientização do público a respeito do tema, ao abordar a vida dos pacientes, com sensibilidade e emoção.

 

Sob a direção de Filipe Corrêa, 20 jovens atores entram em cena para falar sobre esse drama. A apresentação começa às 19 horas, no Teatro Sílvio de Mattos, que, parte do complexo do Espaço Cultural Adelino Pereira Quadros, está localizado na rua Antônio Corradi, 55, Centro. Os ingressos estão à venda a preço popular, R$ 10, sendo os valores arrecadados destinados às despesas com a própria montagem, como a confecção de cenário e figurinos. Mais informações pelo telefone 3243.6395 ou 3243.6425.

 

 

Assessoria de Comunicação

COMPARTILHAR
Matéria enviada ao Portal Notícias de Itaúna. As matérias enviadas e publicadas no Portal Notícias de Itaúna não refletem necessariamente a opinião do nosso Portal de Informações e são de inteira responsabilidade das pessoas que as assinam.