COMPARTILHAR

Depois de anos, recursos voltam a ser depositados na conta da Casa de Caridade, que, em contrapartida, mantém médico e enfermeiro no Plantão 24 Horas

 

Acordo firmado pela Prefeitura de Itaúna, por meio da Secretaria Municipal de Saúde, e a diretoria da Casa de Caridade Manoel Gonçalves de Sousa Moreira, garantiu a regularização dos repasses do programa Rede Resposta, iniciativa do governo de Minas Gerais, que visa a manutenção dos atendimentos de urgência e emergência. Essa é a destinação correta dos recursos liberados pelo Estado e que neste ano passaram a ser depositados na conta da instituição.

 

 

Em 19 de maio, o Hospital recebeu R$ 600 mil, referentes aos três primeiros meses de 2017. São R$ 200 mil mensais que, quase sempre chegam com atraso. Mas, a partir da atual administração, no momento em que o Estado efetua o pagamento das parcelas, a Prefeitura transfere o valor para a Casa de Caridade.

 

 

Além de reforçar o caixa da instituição, a regulamentação do Rede Resposta gera economia para o Município, responsável pelo Plantão 24 Horas. Com a pactuação, o Hospital, em contrapartida, atendendo à exigência do programa, passou a disponibilizar um enfermeiro para a triagem no Pronto Socorro e um clínico-geral para a sala vermelha. A previsão é de redução dos gastos da Prefeitura em aproximadamente R$ 100 mil mensais, ou seja, R$ 1,2 milhão por ano, para manutenção do serviço.

 

 

Rádio
Confira em anexo a entrevista com o secretário municipal de Saúde, Fernando Meira de Faria. O conteúdo está à disposição para veiculação.

 

TV

Segue link de acesso ao conteúdo áudio visual disponível no canal da Prefeitura de Itaúna no YouTube. Imagens brutas podem ser solicitadas por e-email.

 

 

Assessoria de Comunicação

COMPARTILHAR
Matéria enviada ao Portal Notícias de Itaúna. As matérias enviadas e publicadas no Portal Notícias de Itaúna não refletem necessariamente a opinião do nosso Portal de Informações e são de inteira responsabilidade das pessoas que as assinam.