COMPARTILHAR

Convênio com fundação garante mais dois programas nas escolas da rede municipal, voltados à capacitação para o mercado profissional e desenvolvimento do raciocínio

 

A Secretaria Municipal de Educação e Cultura garantiu uma importante parceria para melhorar ainda mais as condições de aprendizado, incentivo aos estudos e desenvolvimento profissional entre os alunos da rede mantida pela Prefeitura de Itaúna. Convênio firmado junto à Fundação ArcelorMittal prevê muitos benefícios para as crianças e adolescentes, com desenvolvimento dos programas Ver e Viver, Empreendedorismo Juvenil e Xadrez.

 

 

Com a implantação do “Ver e Viver”, os estudantes do ensino fundamental serão avaliados em relação a possíveis problemas visuais por meio de testes aplicados por profissionais de saúde capacitados e educadores. Se detectado algum indício de que o aluno possui dificuldades para enxergar, ele será encaminhado para consultas médicas e, caso necessário, receberá óculos gratuitamente.

 

 

A iniciativa contempla a princípio estudantes do 1º ano do ciclo de alfabetização matriculados em 14 instituições de ensino e a previsão é de que o benefício seja estendido a outros grupos, posteriormente. “É uma medida extremamente importante, que vai influenciar diretamente no rendimento de meninos e meninas que podem estar com a aprendizagem comprometida por causa da visão”, comenta a secretária de Educação, Alessandra Nogueira Santos Araújo.

 

 

 

Empreendedorismo e incentivo à prática do xadrez

 

 

Em maio, 464 alunos do 6º ao 9º ano nas escolas municipais Professora Celuta das Neves e Dona Dorica tiveram oportunidade de contato com o mundo profissional, a partir do projeto Empreendedorismo Juvenil, que tem à frente a Organização Não-Governamental – ONG, Junior Achievement. A iniciativa, que representa uma verdadeira inserção dos adolescentes no mercado de trabalho, vem sendo aplicada em várias cidades, com grande sucesso, por meio de parcerias das empresas privadas com o poder público. E, chegou a Itaúna, viabilizada pelo convênio com a Fundação ArcelorMittal.

 

 

Já o programa de Xadrez visa estimular a prática da modalidade entre os alunos da rede pública municipal, tendo em vista que o jogo tem papel importante no desenvolvimento da inteligência múltipla espacial e da lógica matemática. As turmas participantes serão indicadas pela equipe pedagógica da Semec, com a finalidade de atender à demanda e contribuir com o processo de ensino e aprendizado. “Estamos muito felizes com essa conquista, um grande passo rumo ao objetivo da administração, que é tornar a Educação em Itaúna cada vez melhor e mais inclusiva”, comemora a secretária, Alessandra Nogueira Santos Araújo.

 

 

Assessoria de Comunicação

COMPARTILHAR
Matéria enviada ao Portal Notícias de Itaúna. As matérias enviadas e publicadas no Portal Notícias de Itaúna não refletem necessariamente a opinião do nosso Portal de Informações e são de inteira responsabilidade das pessoas que as assinam.