COMPARTILHAR

Medida atende à exigência do Governo Federal e amplia condições para autarquia assegurar o futuro dos contribuintes

 

O Instituto Municipal de Previdência – IMP, iniciou os preparativos para a realização do Censo Previdenciário. A medida voltada aos servidores ativos, detentores de cargo efetivo, portanto, vinculados ao regime próprio, atende à exigência do Governo Federal, sendo de caráter obrigatório, visto que compete à autarquia manter as informações dos segurados atualizadas. E, para isso, o recadastramento precisa ser feito periodicamente.

 

 

O principal objetivo do Censo Previdenciário é criar um banco de dados mais abrangente e detalhado sobre o funcionalismo público municipal. Essa consolidação amplia a capacidade da autarquia para assegurar o futuro dos contribuintes, com a melhoria da gestão, no controle e monitoramento da situação de aposentados, pensionistas e dependentes, além de agilizar a concessão dos benefícios e aumentar a transparência para os principais interessados, os servidores.

 

 

O processo começa pela atualização do Cadastro Nacional de Informações Sociais – CNIS, que pode ser feita pela internet, na página meuinss.mg.gov.br. A meta do Governo de Itaúna é de que essa etapa esteja concluída até 25 de agosto. A partir dessa data, o IMP divulgará os documentos necessários à próxima fase do recadastramento. Não precisam passar pelo Censo Previdenciário os funcionários exclusivamente comissionados; os contratados em regime CLT; os temporários e estagiários. Mais informações pelo telefone 3249.3766.

 

 

Assessoria de Comunicação

COMPARTILHAR
Matéria enviada ao Portal Notícias de Itaúna. As matérias enviadas e publicadas no Portal Notícias de Itaúna não refletem necessariamente a opinião do nosso Portal de Informações e são de inteira responsabilidade das pessoas que as assinam.