COMPARTILHAR

Enfermeiros passam por capacitação para gerenciar Siscan, plataforma que será disponibilizada nas unidades de ESF
O Sistema de Informação do Câncer – Siscan, plataforma digital desenvolvida com o objetivo de criar meios de controle e prevenção da doença, será mais uma ferramenta à disposição da Secretaria de Saúde para reforçar o atendimento aos usuários da rede pública. Em fase de implantação no Município, o software é responsável por gerenciar dados que subsidiam o monitoramento e a avaliação de pacientes. A partir da utilização do dispositivo, a expectativa é organizar o acesso dos profissionais de saúde à rede de serviços.

 

 

Enfermeiros das unidades do programa de Estratégia de Saúde da Família – ESF, já estão capacitados para inserir informações sobre exames e diagnósticos. Um treinamento na última quinta-feira, 10 de agosto, capacitou cerca de 20 técnicos. “A partir do momento em que todos os procedimentos são registrados no Siscan, o Ministério da Saúde tem condições de realizar um levantamento preciso nos Municípios e Estados com foco em identificar o número de notificações de câncer, inclusive em relação aos tipos, e reforçar as estratégias de prevenção”, explica a enfermeira coordenadora do projeto, Danielle Soares da Silva.

 

 

A partir do funcionamento do Sistema, os gestores em saúde também poderão construir indicadores para acompanhar o desempenho de controle de câncer e fazer análise temporal e espacial. O Siscan será implantado nas unidades de ESF.

 

 

Assessoria de Comunicação

COMPARTILHAR
Matéria enviada ao Portal Notícias de Itaúna. As matérias enviadas e publicadas no Portal Notícias de Itaúna não refletem necessariamente a opinião do nosso Portal de Informações e são de inteira responsabilidade das pessoas que as assinam.