COMPARTILHAR

Magella Moreira lançou em agosto uma campanha para viabilizar sua segunda obra “aLto ajuda”

 

Texto: Daniela Nogueira

 

As iniciativas de financiamento coletivo têm aberto uma nova possibilidade a empreendedores e artistas de todo o mundo. A ideia de arrecadar recursos em vaquinhas virtuais permite que patrocinadores dos mais diversos lugares e classes sociais possam contribuir para a execução de projetos de diferentes segmentos. Nesta segunda, 7, Magella Moreira iniciou uma campanha para viabilizar a publicação de seu novo livro “aLto ajuda”.

 

O escritor da cidade de Itaúna explica que o financiamento coletivo possibilita atingir um público mais amplo, dessa forma, contribui também para a divulgação do trabalho. “Não fica barato a publicação de um livro, e para o autor que não tem uma editora, ela é ainda mais cara, porque é feita de uma forma independente. Então a ideia é que consiga o financiamento e ele alcance um público maior, porque a plataforma utilizada mostra pro Brasil inteiro seu trabalho por meio das redes sociais deles. Assim, existe a possibilidade do projeto chegar não só às pessoas da minha cidade, mas de todo o país”, explicou Magella.

 

Com um livro já publicado, o autor traz ao público uma história diferente. Na nova obra ele conta como superou a depressão, explicando o passo a passo do tratamento e como a fé o auxiliou durante a jornada. Apesar de ser dividido em 10 capítulos, em alusão aos mandamentos bíblicos, não é a intenção que o livro transmita uma receita para vencer a doença, mas sim caminhos para superá-la. “O livro se chama “aLto ajuda”, com ênfase na letra L, para mostrar que é aquilo que vem do alto, não de se auto-ajudar. Então a capa e todo o livro foram estruturados para mostrar o peso do sofrimento de quem está doente e pode contar com o auxílio de Deus”, completou.

 

Como colaborar

 

As contribuições podem ser feitas pelo site Catarse, e começam com o valor de R$10, em troca é enviada a edição digital do livro. Para cada colaboração existe uma recompensa. Elas são variadas e incluem desde marca páginas a edições autografadas e exemplares da primeira obra do autor, “Nota de Falecimento”, lançada em 2015. O projeto de Magella está orçado em R$34 mil, e a previsão de lançamento do livro é dezembro deste ano. Para doar basta acessar www.catarse.me/altoajuda.

 

COMPARTILHAR
Matéria enviada ao Portal Notícias de Itaúna. As matérias enviadas e publicadas no Portal Notícias de Itaúna não refletem necessariamente a opinião do nosso Portal de Informações e são de inteira responsabilidade das pessoas que as assinam.