COMPARTILHAR

Secretaria de Saúde promove encontro para incentivar abandono ao vício na terça, dia 29

 

 

A próxima terça-feira, 29 de agosto, é o Dia Nacional de Combate ao Fumo, instituído por lei, em 1986, com o objetivo de reforçar entre a população o alerta sobre os males causados pelo tabaco. Em Itaúna, o Programa de Controle do Tabagismo, mantido pela Prefeitura, criou uma agenda especial para celebrar a data. As ações serão realizadas das 13h às 15 horas, no auditório da Secretaria Municipal de Saúde, sob a coordenação da referência técnica, Cláudia Braz, psicóloga que está à frente do serviço, cujo foco é conscientizar sobre as doenças provocadas pelo fumo e ajudar os dependentes químicos a deixarem o vício.

 

A adesão à programação reforça as estratégias do Município voltadas à redução do índice de fumantes e, consequentemente, à melhoria da qualidade de vida da população. O trabalho, na Policlínica Doutor Ovídio Nogueira Machado, é desenvolvido por equipe multidisciplinar, formada por médico, nutricionista, preparador físico, entre outros profissionais. Os usuários recebem todo o acompanhamento necessário para vencer a batalha contra o cigarro e, caso constatada a necessidade de intensificação do tratamento, são disponibilizados medicamentos gratuitamente.

 

 

Doenças graves
A mobilização nacional, com o Dia de Combate ao Fumo chama a atenção para o fato de o tabagismo ser a principal causa de morte evitável no planeta, conforme apontado pela Organização Mundial de Saúde – OMS. Estima-se que cerca de 200 mil pessoas morram todo o ano no Brasil em decorrência do hábito de fumar. Esse número salta para cerca de 4,9 milhões em perspectiva mundial.

 

 

Somente na fumaça do cigarro são encontradas mais de 4.700 substâncias tóxicas, algumas inclusive cancerígenas. O tabagismo pode desencadear cerca de 50 enfermidades, dentre os quais, destacam-se: infarto do miocárdio, enfisema pulmonar, derrame, câncer de pulmão, traqueia, laringe e brônquio; impotência sexual no homem, infertilidade da mulher, hipertensão e diabetes. As pessoas que não fumam diretamente, os chamados fumantes passivos, também têm mais riscos de desenvolver doenças respiratórias e cardiovasculares.

 

 

Ampliação da cobertura

 

Em abril, cerca de 100 profissionais da Estratégia de Saúde da Família – ESF, receberam capacitação para atuarem como multiplicadores do Programa de Controle do Tabagismo. A iniciativa incluiu servidores lotados nos postos da zona rural, para ampliação dos serviços de apoio às pessoas que querem deixar o vício. A meta da atual administração é cobrir 100% da rede, com a formação de grupos nas unidades do ESF, descentralizando a assistência aos usuários do tabaco que pretendem parar de fumar.

 

 

Ajuda garantida

 

Os interessados em participar do Programa de Controle do Tabagismo devem se inscrever na sede do serviço, que funciona nas dependências da Secretaria Municipal de Saúde, localizada na avenida Manoel da Custódia, 1.119, no bairro São Geraldo. O atendimento é das 07h às 16 horas, de segunda a sexta-feira. Para o cadastro, basta apresentar o Cartão SUS. O telefone para mais informações é 3241.4999 (Ramal 210).

 

 

Assessoria de Comunicação

COMPARTILHAR
Matéria enviada ao Portal Notícias de Itaúna. As matérias enviadas e publicadas no Portal Notícias de Itaúna não refletem necessariamente a opinião do nosso Portal de Informações e são de inteira responsabilidade das pessoas que as assinam.