COMPARTILHAR

Prefeito Neider Moreira apresenta situação da cadeia para o governador Fernando Pimentel

 

 

A necessidade de mudança do Presídio de Itaúna para nova área, fora do Centro da cidade, é reivindicação antiga da população vizinha ao prédio, na rua Santana. Com capacidade máxima para 70 presos, o imóvel abriga cerca de 230 pessoas, em uma edificação antiga, inadequada às demandas atuais e sem segurança. A urgência em solucionar a questão fez parte da primeira reunião oficial de Neider Moreira, como chefe do Executivo, com o governador Fernando Pimentel, no Palácio da Liberdade, em Belo Horizonte, nesta quinta-feira, 24 de agosto.
O prefeito ressaltou a importância de colocar as obras na pauta do Estado de Minas Gerais. “Essa é mais uma reivindicação antiga, que disse que seria prioridade. Pela primeira vez, como chefe do Executivo, terei condições de cobrar a execução do projeto e garantir mais segurança aos itaunenses”, ressaltou Neider, que lembrou o empenho dele, no período em que esteve na Assembleia Legislativa, para viabilizar a construção. “É importante destacar que houve uma cerimônia de lançamento do edital de licitação para a construção e ampliação de presídios em várias cidades de Minas e Itaúna estava incluída, para receber uma nova unidade. O edital foi efetivamente publicado em abril de 2014, homologado, porém a ordem de serviço não foi assinada à época”, completou.

 

 

A situação da cadeia de Itaúna e as atuais condições de segurança, higiene e trabalho entraram na pauta de reunião da Assembleia Legislativa de Minas Gerais, que no último dia 10 de agosto, recebeu as reivindicações do Governo Municipal para apreciação do plenário. A matéria, objeto de debate entre os deputados, enfatizou o estado de alguns presídios em Minas Gerais, como o de Itaúna, que, conforme ata da ALMG, não oferece condição alguma de trabalho para os agentes penitenciários lotados lá. Os deputados concluíram que o refeitório conta com uma mesa e seis cadeiras, além de vários colchões, que não cabem no pequeno almoxarifado; as lâmpadas estão queimadas, as máquinas e os computadores inservíveis. Os profissionais, que desempenham uma função muito estressante, ainda encontram um local de trabalho totalmente insalubre.
“Infelizmente essa é a situação em muitos municípios, mas em Itaúna temos um compromisso com a população e estamos buscando reforçar as parcerias, reconstruindo as ligações com outras esferas governamentais para garantir os recursos necessários à execução de obras, como a do presídio”, disse o prefeito. “Não podemos mais aceitar que as pessoas vivam em condições sub-humanas, nem que os agentes penitenciários sejam expostos a riscos por uma questão de ineficiência do Estado. Governar exige responsabilidade e o meu compromisso com Itaúna é conquistar as melhorias necessárias para a promoção da qualidade de vida em todos os setores”, completou.

 

 

Assessoria de Comunicação

COMPARTILHAR
Matéria enviada ao Portal Notícias de Itaúna. As matérias enviadas e publicadas no Portal Notícias de Itaúna não refletem necessariamente a opinião do nosso Portal de Informações e são de inteira responsabilidade das pessoas que as assinam.