COMPARTILHAR

Competição, realizada pela primeira vez em Itaúna, reúne jogadores de várias cidades

 

 

O futuro do vôlei de praia entrou em quadra, no último final de semana, para disputar mais uma etapa do Circuito Mineiro, nas categorias sub-15, sub-17 e sub-19. A competição reuniu atletas de várias cidades do estado e foi realizada pela primeira vez em Itaúna, por meio de uma parceria inédita entre a Secretaria Municipal de Esportes e a Federação Mineira de Vôlei – FMV.

 

 

Com um número recorde de inscrições, 24 duplas, divididas em três categorias e duas modalidades, masculina e feminina, participaram do evento. Os mais jovens abriram os jogos. Eles disputaram o formato festival 4×4, com quatro titulares e dois reservas, revezando alternadamente.

 

 

Em seguida foi a vez dos atletas sub-17. E os jogadores de Betim dominaram o pódio. Entre as meninas, a medalha de ouro foi para Izabela e Emanuely (Betim); a de prata para Inara e Thais (Betim); e o bronze ficou com Lorrayne e Flora (Betim). Entre os garotos, Henrique e Rafael (Betim) dominaram as disputas e garantiram o título; Luís e Matheus (Betim) ficaram em segundo; e Cristhian e Marlon (Betim) conquistaram a terceira colocação.

 

 

O secretário municipal de Esportes e Lazer, Gustavo Dornas Barbosa, reconheceu a força do vôlei, e destacou a importância do incentivo do poder público na formação dos jogadores. Em Betim, a Prefeitura mantém o projeto “Viva o Esporte”, de apoio aos atletas. O programa é semelhante ao “Meu Esporte”, executado em Itaúna pela Prefeitura, para a valorização das várias categorias esportivas.

 

 

“Tivemos a certeza de que quando há incentivo, os resultados aparecem. A Prefeitura de Itaúna está estruturando algumas modalidades para reforçar o apoio aos desportistas. O projeto de Apoio ao Atleta Itaunense que, somente em 2017, deve investir R$ 48 mil na formação dos competidores em torneios municipais, nacionais e até internacionais, é uma das principais políticas do Governo no setor”, afirmou o gestor. “Agora, nosso desafio é aumentar as oportunidades oferecendo as condições necessárias para o desenvolvimento profissional e social dos jogadores, ampliando o calendário esportivo e promovendo a integração dos atletas”, completou Gustavo.

 

 

A realização do Circuito Mineiro de Vôlei de Praia, em Itaúna, trouxe para o Município o presidente da Federação Mineira de Vôlei, Tomas Mendes, que elogiou a estrutura da cidade para receber esse tipo de competição e gostou dos resultados. “A nossa proposta é descentralizar o esporte e encontramos, em Itaúna, o cenário ideal para unir na cidade atletas locais e da região”, analisou.

 

 

Categoria sub-19

Os atletas mais experientes fecharam esta edição do Circuito. Pela categoria sub-19, nascidos até 1998, a dupla de Betim, Juan e Lucas conquistou o lugar mais alto do pódio. Eles superaram os conterrâneos Sávio e Tales, também de Betim, que ficou em segundo lugar. Rodrigo e Victor, de Vespasiano e Itabirito, terminaram em terceiro.

 

 

Entre as meninas, Izabela e Mariana (Betim); Inara e Thaís (Betim); Emanuely e Amanda (Betim) fecharam o pódio. “Eu gosto muito desses torneios porque quando tenho a oportunidade de jogar, eu faço o meu melhor e é bom para juntar conquistas. É isso que me motiva e continuar crescendo no vôlei”, afirmou Izabela, após elogiar a organização do evento. A atleta já esteve em Itaúna e participa ativamente do calendário esportivo municipal, garantindo posição de destaque nos recentes torneio realizados pela Secretaria de Esportes.

 

 

Categoria adulto

As categorias adulto, masculina e feminina, disputaram a etapa profissional nos últimos dias 16 e 17 de setembro. A competição concentrou, na Praça de Esportes de Santanense, além de atletas locais, 17 duplas de Belo Horizonte, Contagem, Betim, Igarapé, Itabira, Pará de Minas, Barbacena, Montes Claro e Teófilo Otoni.

 

 

“Inserir Itaúna no mapa mineiro do vôlei de praia é resultado de uma parceria entre a Prefeitura, a praça de esportes de Santanense e a Federação Mineira de Vôlei, que disponibilizou arbitragem especializada para os jogos. Como secretário, fico feliz em poder criar essas ferramentas de fomento ao esporte, que garantem a participação de toda a sociedade e servem ainda para apresentar as melhorias que estão sendo feitas nos espaços destinados à prática das atividades em toda a cidade”, finalizou o secretário de Esportes e Lazer.

 

 

O prefeito Neider Moreira que acompanhou as disputas destacou a importância do Circuito. “É fundamental e necessário a Prefeitura poder promover eventos dessa natureza, porque isso é um incentivo para que os atletas locais façam o intercâmbio com jogadores de outras cidades e, evidentemente, aumentem o nível de competição. Para o Município é uma grande satisfação receber talentos do vôlei estadual em especial, nesse momento, em que concluímos com a Associação que administra a Praça de Esporte a reforma da estrutura”, ressaltou.

 

 

Neider reforçou ainda as oportunidades criadas através do apoio a esse tipo de evento. “Oportuniza uma nova situação que estamos estruturando para o esporte em Itaúna e permite dar continuidade ao trabalho que estamos construindo. Em Itaúna não há apenas futebol. Queremos criar as condições para que outros atletas se destaquem. Nesse sentido, temos profissionais se despontando no vôlei, tênis, taekwondo e outras modalidades, como o caso do itaunense André Saliba, que integra a Seleção Brasileira de vôlei na categoria sub-19. Essa oportunidade é extremamente importante e esse é o apoio que faltava”, completou o prefeito.

 

 

 

Assessoria de Comunicação

COMPARTILHAR
Matéria enviada ao Portal Notícias de Itaúna. As matérias enviadas e publicadas no Portal Notícias de Itaúna não refletem necessariamente a opinião do nosso Portal de Informações e são de inteira responsabilidade das pessoas que as assinam.