COMPARTILHAR

Por ocasião da Festa de Nossa Senhora da Imaculada Conceição, Padroeira da Diocese de Divinópolis, durante todo o dia 08 de dezembro é bastante movimentado, na cidade de Conceição do Pará – MG. E, neste ano de 2017, não poderia ser diferente. Mais de 45 mil romeiros, de diversas dioceses do estado de Minas Gerais, passaram pela cidade. Nossa equipe encontrou romeiros de diversas cidades da Diocese de Luz, Diocece de Oliveira, Diocese de Sete Lagoas e da Arquidiocese de Belo Horizonte. Ainda não eram 4 horas da manhã, e, milhares de fiéis, vindos de várias cidades, já chegavam, em peregrinação, no Santuário Diocesano de Nossa Senhora da Imaculada Conceição, para a Missa do Romeiro, que deu inicio às festividades. Esta primeira celebração foi presidida pelo Reitor do Santuário, Padre Vicente Ferreira de Lima, que celebra mais 1 ano de aniversário presbiteral, neste dia 8.

 

Às 6 horas, Frei Pedro, Administrador Paroquial da Paróquia do Sagrado Coração de Jesus, de Conceição do Pará, presidiu a Celebração Eucarística.

 

A missa das 8 foi presidida pelo Padre Douglas Amaral, Vigário Paroquial da Paróquia de Nossa Senhora do Pilar, de Pitangui.

 

A Missa das 10 horas, tradicionalmente foi presidida pelo bispo diocesano, Dom José Carlos. Concelebraram com o bispo os padres Lúcio Camargos e Rafael Caetano. Em sua homilia, Dom José Carlos apontou 3 amizades que os amigos de Maria devem ter. Segundo o bispo diocesano, os amigos de Maria devem ser, primeiramente, amigos de Deus, pois quem é amigo de Maria deve alimentar um amor primordial por Deus. “Maria não quer outra coisa a não ser isso: nos levar a Deus”, afirmou o bispo.

 

 

A segunda amizade que Dom José Carlos afirmou que os amigos de Maria devem ter é com a Igreja. Para o bispo, quem gosta de Maria e não gosta da Igreja não está pronto para ser amigo da Mãe de Jesus. “É na Igreja que expressamos o amor por Maria, pois Ela é a Mãe da Igreja. Portanto, não se afastem de sua comunidade de fé”, disse o bispo, finalizando sua fala sobre a segunda amizade que os amigos de Maria devem ter.

 

E, por fim, para o bispo diocesano, quem é amigo de Maria deve ser amigo da Palavra. Dom José Carlos lembrou de um ponto colocado em Assembleia Diocesana. Onde foi proposto que em todos encontros e reuniões dentro da diocese sejam iniciados e iniciadas com a Palavra de Deus. O bispo também convidou a todos a fazer a Novena de Natal proposta pela Diocese de Divinópolis, através do livro que está sendo repassado nas paróquias da diocese. A Novena de Natal é um momento muito oportuno para este contato com a Palavra.

 

Para finalizar, Dom José Carlos alertou que muitos têm tempo diariamente para ler e-mail, jornal, whatsapp, e demais meios de comunicação, e não se dedicam um tempo, mesmo que seja mínimo, para a leitura da Palavra de Deus.

 

Dom José Carlos terminou sua homilia afirmando que essas três amizades dos amigos de Maria servem para que o fiel entenda a Centralidade de Deus, a importância da Igreja e sacralidade da Palavra.

 

Antes da bênção final, Dom José Carlos disse que no ano de 2018 a Diocese de Divinópolis viverá o seu jubileu de diamante. A Diocese foi criada no de 1958 e instalada no ano de 1959. Fique ligado em nossos veículos de comunicação que, em breve, a programação estará disponível.

 

COMPARTILHAR
Matéria enviada ao Portal Notícias de Itaúna. As matérias enviadas e publicadas no Portal Notícias de Itaúna não refletem necessariamente a opinião do nosso Portal de Informações e são de inteira responsabilidade das pessoas que as assinam.