COMPARTILHAR

Pregões presenciais, adotados em 2017, garantem economia com o serviço, sem diminuição do número de campeonatos realizados pela Secretaria de Esportes

 

 

A Secretaria de Esportes conseguiu diminuir ainda mais as despesas com a contratação de arbitragem, necessária à realização dos campeonatos programados para este ano. O custo caiu mais de 20%, desde que a Prefeitura de Itaúna adotou, no início de 2017, os pregões eletrônicos presenciais para a escolha de proposta mais vantajosa para o Município.

 

 

O modelo aumentou o número de participantes nos certames. A última licitação contou com a apresentação de propostas por seis empresas e o resultado da ampliação da concorrência foi a queda no preço final.

 

 

Em 2016, o contrato ficou em R$ 294.990,00, enquanto, em 2017, já com o novo sistema para licitar a arbitragem, o valor foi reduzido para R$ 253 mil, o equivalente a 14%. Já em 2018, a Prefeitura conseguiu economizar ainda mais os recursos públicos, com a queda do montante destinado ao serviço para R$ 234 mil.

 

 

O calendário oficial da Secretaria de Esportes prevê pelo menos 800 disputas, em mais de dez modalidades, como futebol; futsal; os Jogos Escolares de Itaúna – JEI; a Copa Itaúna de Vôlei, Peteca e Futevôlei; competições de skate, xadrez, atletismo, entre outros eventos e apoio a iniciativas do setor. “A proposta da gestão é reduzir os custos, no entanto, sem quaisquer prejuízos para as ações na área. Há, inclusive, possibilidade de ampliação para este ano. É importante lembrar também que o valor contratado é o que está previsto e não tem que ser gasto na totalidade”, ressalta o secretário, Gustavo Dornas Barbosa.

 

 

Assessoria de Comunicação

COMPARTILHAR
Matéria enviada ao Portal Notícias de Itaúna. As matérias enviadas e publicadas no Portal Notícias de Itaúna não refletem necessariamente a opinião do nosso Portal de Informações e são de inteira responsabilidade das pessoas que as assinam.