COMPARTILHAR

Mobilização abrange zona urbana; na área rural reforço das ações preventivas será em 14 de abril

 

 

Na luta contra a Febre Amarela, a Prefeitura de Itaúna realiza, no próximo sábado, 07 de abril, mais um Dia D de vacinação contra a doença. Todas as unidades de saúde da área urbana ficarão abertas das 08h às 17 horas, para imunização da parcela da população que ainda não recebeu a dose. Já na zona rural, as equipes reforçarão a prevenção à enfermidade no dia 14.

 

 

O Dia D faz parte do pacote de ações adotado para evitar a proliferação do vírus transmissor da Febre Amarela. De acordo com os últimos dados coletados pelo Estado, até meados de março, Itaúna havia alcançado 91,66% da cobertura vacinal. Na época da apresentação do relatório mais recente, a estimativa era de que 7.234 pessoas ainda não estivem vacinadas. No entanto, a maioria dessas, crianças abaixo dos nove meses, gestantes e idosos, não integram, a princípio, o grupo correspondente ao público-alvo.

 

 

“É importante que as cadernetas de vacinação estejam à mão para conferência, pois, é necessário apurar, antes da aplicação, se a pessoa já recebeu ou não a dose, para que ela não seja exposta a riscos”, ressalta a enfermeira, Idamyana Oliveira, referência técnica em imunização da Secretaria Municipal de Saúde.

 

 

Contraindicações

A aplicação da vacina não é indicada às gestantes. Também não é aconselhado às pessoas com alergia grave a ovo; em tratamento à base de corticoides ou contra o câncer e até mesmo aquelas portadoras do vírus do HIV e que fizeram transplante. Idosos com mais de 60 anos e mulheres que estão amamentando são avaliados nas unidades de saúde em relação à necessidade da administração da dose

 

 

Ações reforçadas

A prevenção é o melhor remédio contra a Febre Amarela e, em Itaúna, as estratégias para evitar a proliferação da doença não param. O trabalho intensivo realizado pelo Município, nesse sentido, desde 2017, foi bastante eficaz até o momento e ainda ganhará reforço. Em março teve início mais um mutirão, com varredura em todas as regiões da cidade que contam com o programa Estratégia de Saúde da Família – ESF. Nas outras áreas, caso de comunidades na zona rural, as ações de bloqueio serão reforçadas a partir de 10 de abril.

 

 

Os agentes comunitários, uniformizados, percorrerão os domicílios para verificar os cartões de vacinas e disponibilizar, caso confirmada a necessidade, atendimento àqueles que ainda não estão imunizados. Para ampliação da cobertura, os profissionais atuarão após o expediente normal, portanto, continuarão em serviço após 16 horas.

 

Assessoria de Comunicação

COMPARTILHAR
Matéria enviada ao Portal Notícias de Itaúna. As matérias enviadas e publicadas no Portal Notícias de Itaúna não refletem necessariamente a opinião do nosso Portal de Informações e são de inteira responsabilidade das pessoas que as assinam.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here