INSTITUTO COTEMAR

Ponto de Vista: Lei 100




 

gDSGO grande público por estes dias foi bombardeado pela tal lei cem. Os profissionais da educação tem noção do que se trata, mas a maior parte dos mineiros teve contato com o assunto por agora.

 
Em 2007 o então governador Aécio Neves editou uma lei que efetivou sem concurso público aproximadamente noventa e oito mil servidores. Exatamente isto: quase cem mil servidores. Qualquer pessoa com um pouco de informação sabe que só se entra no serviço público como servidor efetivo através de concurso. A bendita lei virou a norma do avesso. A lei cem foi sem noção, como dizem alguns.

 
O tucanato sempre se gaba de ser exemplo de legalidade, de lisura, disso e daquilo. Mas eis que aparece um dos maiores juristas do país, Ministro do Supremo Tribunal Federal, Marco Aurélio Melo, e afirma, textualmente: “Ou a Constituição federal é observada ou não é. Aqui [foi desrespeitada] de forma abusiva, apostando na morosidade da Justiça, se desrespeitou flagrantemente”.
Quem desrespeitou a Constituição Federal? O tucano Aécio Neves. Respeito à Constituição? Never, no razoável inglês.

 
Quem apostou na morosidade da Justiça? O presidenciável Aécio Neves. Pode? O que esperar de um suposto líder que afronta a Constituição, o Judiciário e a mais alta Corte de Justiça do país?

 
E agora?
Agora é que são elas. Dezenas de milhares de servidores sem cargo. Escolas estaduais com o quadro de profissionais arrumados e desarrumados.

 
Mau exemplo é outra reflexão que salta aos olhos. O Estado, através do chefe do Poder Executivo, deve dar o exemplo de cumprimento da Lei Maior, da Constituição. No caso da Lei Cem, mandou às favas o escrúpulo.

 
Interessante foi ver os seguintes comentários postados no site do Jornal Estado de Minas . Eis alguns exemplos:
Autor:LUCIANO+GUEDESDEAGUIAR
Autor: Luciano Guedes de Aguiar
Viva Anastasia!!! De dia falta agua e de noite energia!!! Esse é o “choque de gestão” que será oferecido como vitrine na campanha presidencial… e será que vão dizer que a culpa é do PT agora? Infelizmente alguns ainda colocam créditos no “pó royal…”

 

 

Autor: Eduardo Peres. O mais irônico é o senador Aécio exaltar a meritocracia como forma de ingresso no serviço publico e criticar o aparelhamento do estado pelo pt….

 
Autor: Luiz Leal. Dias atrás o Anastasia disse que a Educação é a marca da sua gestão. Realmente!!!! O STF e essas 98 mil pessoas que o digam….

 
E agora? Agora sem a lei cem, ficam sem cargos aqueles que foram embalados pelo sonho de poder entrar no serviço público por outra porta que não a do concurso público.

 

Heli Maia é advogado, professor da rede particular e professor concursado e efetivo da rede pública estadual; é graduado em Ciências Sociais e Direito; é pós-graduado em História e mestre em Direito; é autor dos livros “Bullying” e “Atividade empresária e sustentabilidade ambiental”. Contato: helismaia@yahoo.com.br
”Author
Heli Maia
Ver todas as matérias de Heli Maia





COMENTE ESTA NOTÍCIA

"Comentários com conteúdo pejorativo, racista ou adulto não serão publicados. Os comentários feitos no Portal Notícias de Itaúna não refletem necessariamente a opinião do nosso Portal de Informações e são de inteira responsabilidade das pessoas que os fazem. Caso seja aprovado, o comentário pode entrar no ar em até 24 horas."





SiteLock