COMPARTILHAR

A Fiat apresentou oficialmente as linhas do seu novo sedã Cronos, com lançamento previsto para fevereiro de 2018. Como já era aguardado, o três-volumes repete as linhas do Fiat Tipo europeu – capô anabolizado, teto arqueado com vincos e traseira curta – mas com as mesmas adaptações de estilo adotadas pelo Argo para deixar o modelo ao gosto dos brasileiros e argentinos, já que o Cronos será fabricado lá. O modelo mostrado pertence à versão de topo Precision.

A grade segue o visual de colmeia, com um friso cromado horizontal. Os faróis têm o mesmo formato, porém os do Cronos têm uma linha de LED que invade a lateral, como o do Argo. Já os faróis de neblina são circulares, com moldura preta, e a grade inferior ganhou uma barra cromada. Na traseira, o Cronos tem mais personalidade: a lanterna de LED é horizontal, diferente da do Tipo, em formato bumerangue; a tampa do porta-malas é um pouco menor; e seu para-choque possui um extrator de ar.DENTRO  De acordo com a Fiat, o modelo será construído sobre uma nova plataforma, chamada MP-S (Modular Platform Sedan), desenvolvida exclusivamente para o Cronos, para atender às exigências dinâmicas e construtivas de um sedã. O entre-eixos do Cronos é de 2,57 metros, cinco centímetros a mais que o Argo, o que lhe rende um bom espaço no banco traseiro. O porta-malas também é generoso, o que é muito importante para um sedã. O interior segue os mesmos padrões do Argo.

A Fiat confirmou que o novo sedã será lançado com dois motores: o 1.3 Firefly (de até 109cv de potência e 14,2kgfm de torque), com câmbio manual ou automatizado; e o 1.8 E.torQ (até 139cv de potência e 19,3kgfm de torque), com câmbio manual ou automático de seis velocidades.

VERSÕES O que surpreende é o posicionamento adotado pela Fiat para o Cronos. As versões de entrada querem rivalizar com o Chevrolet Prisma (não o velho Prisma Joy!), nada menos que o sedã compacto mais vendido do Brasil, o que nos leva a imaginar que uma versão de entrada 1.3 Drive com câmbio manual fique em aproximadamente R$ 57 mil. Assim como o Argo, a versão 1.3 Drive GSR (automatizado) deve custar mais R$ 5 mil, ficando na casa dos R$ 62 mil.

Já a versão 1.8 Precision deve mesmo “esbarrar” com o Volkswagen Virtus, ficando na casa do R$ 66 mil com câmbio manual e R$ 72 mil com câmbio automatizado. Diferente do hatch Argo, o Cronos não deve trazer uma versão esportiva HGT. Vale lembrar que o novo sedã da Fiat leva vantagem sobre o três-volumes da Volkswagen porque será lançado um mês depois, dando tempo para os italianos trabalharem o preço com sabedoria.

(UAI)

COMPARTILHAR

Matéria enviada ao Portal Notícias de Itaúna. As matérias enviadas e publicadas no Portal Notícias de Itaúna não refletem necessariamente a opinião do nosso Portal de Informações e são de inteira responsabilidade das pessoas que as assinam.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here