COMPARTILHAR

Recadastramento do Passe LivreAtualização dos dados será realizada em pontos assistenciais de quatro regiões da cidade

 

 

Começa no dia 1º de setembro o recadastramento dos beneficiários, portadores de deficiência permanente, de transporte público gratuito (Passe Livre), urbano e rural. O recadastramento garante a continuidade do recebimento do benefício e deve ser feito periodicamente, a cada dois anos, quando será exigida a comprovação de atendimento das condições iniciais para a concessão do beneficio.

 

 

Documentação necessária para o recadastramento

 

 

Xerox da carteira de identidade e CPF do beneficiário e do responsável;
Xerox de comprovante de renda de todos os membros da família;
Xerox de comprovante de residência.

 

 

Locais de recadastramento

 

 

CRAS (Centro de Referência de Assistência Social) – no período de 1º de setembro a 23 de outubro, no horário de 7h30 às 10h30 e de 13h30 às 16h. O CRAS fica na Rua Jacinto Ferreira, 139, bairro Vila Tavares.

 
Instituto Santa Mônica (APAE) – no período de 1º de setembro a 23 de outubro, no horário de 7h30 às 10h30 e de 13h30 às 16h. O Instituto Santa Mônica fica na Rua Cunha Quitão, 281, bairro Chácara do Quitão.

 
Centro Comunitário do Bairro Morada Nova – no período de 1º de setembro a 23 de outubro, no horário de 7h30 às 10h30 e de 13h30 às 16h (EXCETO ÀS TERÇAS-FEIRAS QUANDO O ATENDIMENTO SERÁ APENAS NO HORÁRIO DE 13H30 ÀS 16H). O Centro Comunitário fica na Rua Maria do Pinho S. Silveira, 32, bairro Morada Nova.

 
Sede da Secretaria Municipal de Assistência Social – no período de 21 de setembro a 30 de setembro e de 21 de outubro a 23 de outubro, no horário de 7h30 às 10h30 e de 13h30 às 16h. A Secretaria de Assistência Social fica na Rua Godofredo Gonçalves, 328, Centro.

 

 

O titular do benefício deverá comparecer no ato do recadastramento. Caso o titular do beneficio não possa comparecer, um responsável deverá apresentar a documentação solicitada e uma justificativa formal escrita, informando o motivo da ausência. Os usuários que não se apresentarem no ato do recadastramento receberão a visita de um profissional de Assistência Social, da Secretaria Municipal de Assistência Social, para elaborar um questionário social a fim de deferir ou não o recadastramento. O não comparecimento do titular do benefício, ou responsável, para efetuar o recadastramento nos lugares e datas estabelecidos acarretará na suspensão provisória do benefício.

COMPARTILHAR
Matéria enviada ao Portal Notícias de Itaúna. As matérias enviadas e publicadas no Portal Notícias de Itaúna não refletem necessariamente a opinião do nosso Portal de Informações e são de inteira responsabilidade das pessoas que as assinam.