COMPARTILHAR

IMG_0131Agricultores familiares são atendidos pelo Programa durante todo o ano, desde a entrega de sementes gratuitas e cuidado com o solo até o plantio

 

 

Desde junho o Programa Produção de Alimentos está realizando a preparação do solo e aração dos terrenos dos agricultores familiares que se cadastraram no início do ano. O serviço é dividido por regiões. A Gerência Superior de Desenvolvimento Rural pode trabalhar até 10 horas em cada propriedade. Para o funcionário de uma das propriedades beneficiadas na Comunidade de Vista Alegre, o Programa ajuda bastante o produtor familiar. “Trabalho aqui há cinco anos e sempre participamos do Programa, ele ajuda muito. Além das sementes de milho e feijão e do calcário que recebemos de graça, tem a aração”, contou Antônio dos Santos Batista.

 
A Prefeitura fornece um subsídio de 60% na aração. Antônio explicou o porquê do auxílio ser importante. “Se fosse para pagar 100%, teríamos um gasto de aproximadamente R$ 110 por hora. Com o subsídio da Prefeitura o gasto é por volta de R$ 42. E não é só isso, é difícil arrumar uma máquina para fazer um serviço pequeno como esse e não tem como você comprar um trator para colocar em sítio, não compensa”.

 
O Gerente do setor de Desenvolvimento Rural, Silvano Gomes, explicou que o valor arrecadado é revertido para compra de combustível e manutenção das máquinas e ressaltou a função do Programa para a sociedade itaunense. “Nos preocupamos em atender da melhor forma possível o agricultor familiar, porque sabemos que ele tem um papel importantíssimo na nossa economia e qualidade de vida, como por exemplo a parceria com a Secretaria de Educação, que compra o que ele produz para a merenda escolar, através da Associação Municipal dos Agricultores Familiares de Itaúna – Amafi, garantindo um alimento de alta qualidade para nossas crianças, com isso ganha mais uma vez o agricultor”, explicou Silvano.

 
O trabalho com as terras dos agricultores familiares é realizado até dezembro. A aração é feita de junho a setembro e a gradeação do solo de junho a dezembro. O Programa ainda realiza a análise do solo das propriedades, para manter a qualidade da terra e melhorar o desenvolvimento da plantação. Este serviço é oferecido por meio da parceria com a Emater (Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural). Esta semana os trabalhos da Prefeitura estão concentrados na região da comunidade de Campos.

 
As inscrições para participar do Programa Produção de Alimentos são realizadas sempre no início do ano pela Gerência Superior de Desenvolvimento Rural, setor da Secretaria Municipal de Assistência Social.

COMPARTILHAR
Matéria enviada ao Portal Notícias de Itaúna. As matérias enviadas e publicadas no Portal Notícias de Itaúna não refletem necessariamente a opinião do nosso Portal de Informações e são de inteira responsabilidade das pessoas que as assinam.