COMPARTILHAR

Em discurso, prefeito Neider reforça parceria entre o Executivo, o Instituto Santa Mônica e seus assistidos

 

 

O Instituto Santa Mônica inaugurou no início da tarde desta segunda-feira, 13 de fevereiro, a Casa de Apoio à Família, serviço idealizado para dar apoio aos que participam diretamente do tratamento dos portadores de deficiências. O prefeito Neider Moreira prestigiou a solenidade e, ao discursar, depois de cumprimentar à diretoria e funcionários da Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais – APAE – pela iniciativa, reforçou que a “Prefeitura estará de portas abertas para firmar parcerias que possam contribuir com a entidade”.

 
Neider lembrou que o desenvolvimento da sociedade depende da união de esforços. “Quando pensamos em construção coletiva, não podemos esquecer que as forças precisam estar unidas, comungando dos mesmos ideais. A participação de todos os setores é essencial”, afirmou.

 
O prefeito salientou que a APAE faz trabalho fundamental para a cidade. “O terceiro setor é extremamente importante e o Instituto Santa Mônica tem sido um exemplo disso em Itaúna, preenchendo uma lacuna que muitas vezes o poder público não consegue. Empenhamos todos os esforços para que os recursos do Município sejam usados da forma correta, em ações que interfiram diretamente na vida do cidadão. A Casa de Apoio à Família é mais um grande avanço e a Prefeitura será parceira porque precisamos desenvolver cada vez mais as políticas públicas voltadas às melhorias na vida da população”, garantiu o prefeito.

 
Também estiveram presentes à cerimônia o presidente da Câmara Municipal, Márcio Gonçalves Pinto, o Hakuna, e o vereador Hudson Bernardes, líder do governo no Legislativo.

 

 

Assistência social integrada

Ao falar sobre o projeto, a presidente da APAE, Géorgia Stefânia Duarte Chaves Mendonça, contou que a Casa de Apoio à Família foi nos últimos anos um sonho e agora está se tornando realidade. “Enfrentamos muitos desafios, não foi fácil. Mas, sabemos que muitas conquistas estão por vir. O nosso objetivo é melhorar a qualidade de vida das pessoas com deficiência e para isso, precisamos ampliar os cuidados com os que cuidam delas”, frisou.

 
A gerente de assistência social da entidade, Cláudia Pinheiro, reforçou a importância das parcerias com o poder público. “O prefeito Neider Moreira está de coração aberto à causa. E a participação da Prefeitura nesse trabalho pioneiro será de grande valia, pois, precisamos de políticas públicas que garantam a inserção social. E, os familiares fazem parte dessa construção”, completou.

 
O Instituto Santa Mônica atende hoje 350 portadores de deficiências. A Casa de Apoio à Família, fica na rua Cunha Quitão, 179, Chácara do Quitão, e visa o suporte às mães, pais e irmãos dos assistidos, principalmente. O trabalho é focado no fortalecimento de vínculos e da convivência, mas também na geração de renda. Já estão em andamento oficinas de bonecos de feltro, costura, tapetes e bolos. A unidade, sob a coordenação da educadora Débora Sakurai, vai funcionar das 07h às 11h e das 13h às 17 horas.

COMPARTILHAR
Matéria enviada ao Portal Notícias de Itaúna. As matérias enviadas e publicadas no Portal Notícias de Itaúna não refletem necessariamente a opinião do nosso Portal de Informações e são de inteira responsabilidade das pessoas que as assinam.