COMPARTILHAR

Cursos e oficinas, alimentação balanceada e assistência para o aprendizado serão custeadas com recursos próprios

 
A partir de segunda-feira, 03 de abril, a rede municipal de ensino volta a oferecer o programa “Escola Tempo Integral”, em 11 instituições, sendo sete em área urbana e quatro na zona rural. A iniciativa vai garantir, a princípio, benefícios a 1.152 estudantes, com oficinas, acompanhamento pedagógico e alimentação balanceada, no contraturno escolar, uma completa assistência, que ainda retira as crianças e adolescentes das ruas. O trabalho será mantido com recursos próprios da Prefeitura de Itaúna, uma vez que o Município não foi inscrito ano passado no “Mais Educação”, por meio do qual o governo federal libera as verbas destinadas à merenda e compra de materiais.

 
Para atender às necessidades do “Tempo Integral”, foram disponibilizados 53 estagiários de pedagogia, para acompanhamento dos alunos nos deveres de casa e reforço do aprendizado de português e matemática, além da realização de atividades de recreação. Também serão desenvolvidas 12 oficinas, três para cada unidade educacional, conforme a demanda. Para a Escola Municipal Dona Dorica, que funciona na Granja Escola São José, que, por sua vez, tem um caráter mais profissionalizante, estão reservados os cursos de panificação, cultivo de horta e barbearia. Nas demais unidades educacionais, 15 oficineiros vão ministrar aulas de desenho artístico, música (percussão), teatro, artes, biscuit, dança, capoeira, canto coral e informática.

 
O programa será levado a partir da próxima semana às escolas municipais Artur Contagem Vilaça, no Cidade Nova; Dr. Lincoln Nogueira Machado, Lourdes; Maria Augusta de Faria, Piedade, onde o “Tempo Integral” vai atender também a partir deste ano, 37 crianças da educação infantil; Padre Waldemar, no Parque Jardim; Sousa Moreira, Santanense; e Celuta das Neves, Lourdes. O NAC Curumim, no Novo Horizonte, foi contemplado, por meio de parceria com a Prefeitura. Já na zona rural participam as escolas municipais Ismael de Souza Arruda, em Carneiros; João Luís Souza, na Barragem; João Nogueira Penido, no povoado de Campos; e Modestino Francisco Rabelo, em Vista Alegre.

 

 

Escola Municipal Dona Cota

 
A Escola Municipal Dona Cota, que funciona no CAIC, no bairro Morada Nova, também vai receber o programa. No entanto, a instituição precisou passar por reforma para atender às demandas do “Tempo Integral”. Como as intervenções estão sendo feitas em duas salas de aulas e devem ser concluídas na próxima semana, a previsão é de que as atividades comecem em 10 de abril, com a unidade educacional em totais condições para a realização dos trabalhos.

COMPARTILHAR
Matéria enviada ao Portal Notícias de Itaúna. As matérias enviadas e publicadas no Portal Notícias de Itaúna não refletem necessariamente a opinião do nosso Portal de Informações e são de inteira responsabilidade das pessoas que as assinam.