COMPARTILHAR

Conferência realizada pelo órgão em parceria com a Saúde e a Assistência Social visa ampliação das ações voltadas à juventude

 

 

Na próxima terça-feira, 19 de setembro, das 07h30 às 17h, será realizada a III Conferência Municipal de Políticas Públicas sobre Drogas. O seminário, no Teatro Sílvio de Mattos, terá como foco das discussões a necessidade de intensificação das ações voltadas à juventude, com a apresentação de propostas para incremento do trabalho desenvolvido em Itaúna.

 

 

Na programação estão duas palestras. A primeira, das 09h30 às 10h30, com Ângelo Coutinho, que vai falar sobre “Liberdade e Responsabilidade nas Políticas Públicas sobre Drogas”. O palestrante atua como redutor de danos e técnico de equipe de abordagem de rua do Centro de Referência em Saúde Mental Álcool e Drogas – Cersam AD, do Barreiro, em Belo Horizonte.

 

 

Após o intervalo para almoço, das 11h às 12h30, os trabalhos serão retomados, com apresentação dos alunos de hip hop do Projeto Aquarela. Entre 13h e 14h, Guilherme Portugal abordará o tema “Juventude e Drogas no Brasil de Hoje: Vivendo em Guerra”. Graduado em Direito pela Fundação Mineira de Educação e Cultura – Fumec, especialista e mestre em Ciências Penais, doutorando em Teoria do Estado e Direito Constitucional na Pontifícia Universidade Católica – PUC – do Rio de Janeiro, ele foi diretor do Centro Socioeducativo Santa Clara, em Belo Horizonte, e ocupa cadeira como docente na Faculdade Dom Hélder Câmara.

 

 

Por fim, os participantes, divididos em quatro grupos, levantarão e discutirão as propostas para a Conferência Estadual. Os temas escolhidos são relacionados aos eixos da Educação, Redes Sociais e Mídias, Participação Cidadão do Jovem e Saúde. O evento tem à frente o Conselho Municipal sobre Álcool e Drogas – Comad – e será realizado em parceria com as secretarias municipais de Saúde e de Assistência Social.

 

 

Reativação do Conselho

O Conselho Municipal sobre Álcool e Drogas – Comad, foi reativado em 10 de agosto deste ano pelo Governo de Itaúna e tem a função de promover o debate e fortalecer, junto às autoridades constituídas, a criação de políticas públicas voltadas ao tratamento e ressocialização dos dependentes químicos.

 

 

Eleito presidente do órgão, Marcílio de Assis, representante das comunidades terapêuticas, vai trabalhar ao lado do vice, Robson Ferreira Silva (Conselho Tutelar), da primeira-secretária, cabo Fabiane (5ª Cia. Ind. PM) e segunda secretária, Edênia Ribeiro Alcântara, presidente da Associação de Moradores do bairro Vila Nazaré.

 

 

Assessoria de Comunicação

COMPARTILHAR
Matéria enviada ao Portal Notícias de Itaúna. As matérias enviadas e publicadas no Portal Notícias de Itaúna não refletem necessariamente a opinião do nosso Portal de Informações e são de inteira responsabilidade das pessoas que as assinam.