COMPARTILHAR

Servidores municipais integram equipe de redatores responsáveis pelas sugestões referentes ao ensino fundamental em Minas Gerais

 

 

A Secretaria Municipal de Educação já conseguiu grandes avanços em relação à elaboração das propostas para a Base Nacional Comum Curricular – BNCC. Depois de reunir todos os diretores e pedagogos das instituições de ensino da rede mantida pela Prefeitura, além dos funcionários das creches conveniadas, para abertura do diálogo acerca do assunto, a pasta realizou “Dia D” em todas as unidades educacionais.

 

 

Os trabalhos desenvolvidos até aqui garantiram a Itaúna lugar de destaque no cenário estadual e, consequentemente, ampliaram as possibilidades de o Município participar da construção desse documento. A secretária de Educação, Alessandra Nogueira Santos Araújo integra agora a equipe de redatores para elaboração da proposta de Minas Gerais, referente à disciplina de Ciências, no ensino fundamental. Ao todo, são 27 profissionais envolvidos nesse processo, em todo o estado.

 

 

“Será um grande desafio, pois, a missão é organizar e planejar o currículo, que é composto por 853 cidades, cada uma delas com características diferentes. Minas é praticamente um país. Mas, o empenho e contribuição de todos os educadores trará resultados positivos para a Educação mineira”, comenta a gestora. A servidora municipal Elaine Maria de Camargos também faz parte do grupo.

 

 

A atuação colaborativa entre os entes federal é o princípio central para a implementação da BNCC. O debate será aprofundado ao longo do ano, com apoio do Conselho Nacional dos Secretários de Educação – Consed, e a União Nacional de Dirigentes Municipais de Educação – Undime, da qual Alessandra Araújo é membro, como representante da região.

 

 

A Base Nacional Comum Curricular – BNCC – é um documento de caráter normativo, que define o conjunto orgânico e progressivo de aprendizagens essenciais que todos os alunos devem desenvolver ao longo das etapas e modalidades da Educação Básica. “O objetivo é promover uma discussão sobre a estrutura e as competências da BNCC. Essas primeiras ações são essenciais para que as instituições coloquem em prática as diretrizes, que servem como referência para a elaboração dos currículos de todas as fases. O resultado disso, será o avanço do ensino”, reforça a secretária.

 

 

Assessoria de Comunicação

COMPARTILHAR
Matéria enviada ao Portal Notícias de Itaúna. As matérias enviadas e publicadas no Portal Notícias de Itaúna não refletem necessariamente a opinião do nosso Portal de Informações e são de inteira responsabilidade das pessoas que as assinam.