COMPARTILHAR

Lançamento oficial do sistema, em funcionamento na Sala de Apoio Rural, será na próxima quinta-feira, no CDE

 

 

A Prefeitura de Itaúna, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Turismo, fará, na quinta-feira, 25 de outubro, o lançamento oficial do Serviço de Inspeção Municipal – SIM. A reunião está marcada para 17 horas, no auditório do Edifício CDE, que fica na rua Capitão Vicente, 129, Centro. O objetivo é apresentar o sistema e esclarecer dúvidas a respeito do mesmo.

 

 

Em funcionamento desde o início de setembro, o SIM é mais uma importante conquista para os produtores rurais da cidade. A expectativa é de que a medida adotada pela atual administração contribua para a geração de emprego e renda, a partir da criação de um ambiente favorável aos negócios, em conformidade com o compromisso firmado pelo governo, de garantir mais empregabilidade e qualidade de vida à população.

 

 

A iniciativa viabiliza aos empreendedores mais condições de competitividade no mercado. Com a implantação do sistema, os interessados em expandir as atividades, com a comercialização de produtos, como queijos, doces, embutidos, entre outros, nos supermercados, por exemplo, podem se cadastrar na Gerência de Apoio Rural, que funciona na sede da Cooperativa dos Produtores Rurais de Itaúna – Cooperita.

 

 

Os inscritos recebem visita de profissional, uma veterinária contratada por meio de processo seletivo, que auxilia nas adequações e procedimentos necessários para a obtenção do selo, desburocratizando e acelerando a certificação da origem e qualidade dos alimentos. Os processos para a criação do SIM foram discutidos e aprovados pela Câmara, sendo um dos passos fundamentais, a mudança no Código Tributário do Município, que recebeu aval dos vereadores em 2017. Mais informações podem ser obtidas pelo telefone 3241.3674.

COMPARTILHAR
Matéria enviada ao Portal Notícias de Itaúna. As matérias enviadas e publicadas no Portal Notícias de Itaúna não refletem necessariamente a opinião do nosso Portal de Informações e são de inteira responsabilidade das pessoas que as assinam.