COMPARTILHAR

android-m-mashmallow-g1O Google revelou nesta segunda-feira (17) que o “M” do novo Android M é de Marshmallow, seguindo a tradição de sempre dar às versões do sistema operacional para smartphones e tablets o nome de doces.

 
O Android 6.0 Marshmallow substituirá o Android 5.0 Lollipop. O Google revelou o novo nome em um post dedicado a programadores, já que o kit de desenvolvimento oficial do sistema também foi liberado. Desde maio, quando o sistema foi anunciado, criadores de aplicativo podiam contar apenas com uma prévia do Android 6.0.

 
A Samsung já informou que o Android 6.0 Marshmallow rodará nos aparelhos Galaxy S6, Galaxy S6 Duos, Galaxy S6 Edge, Galaxy Note 4, Galaxy Note 4 Duos, Galaxy Note Edge, Galaxy Alpha e Galaxy Tab A.

 
Now On Tap

 
Uma das novidades da sexta versão do Android é o Now On Tap, uma evolução do Now. Permitirá que comando de voz sejam dados enquanto qualquer aplicativo estiver sendo usado. Atualmente, a ferramenta funciona apenas na tela inicial e de forma limitada.

 
Uma mudança entre os dois assistentes é que o Now On Tap atuará de forma mais ampla. Para lembrar os usuários de compromissos ou atividades agendadas, o assistente lerá até mensagens de texto.

 
Durante a apresentação do novo Android Marshmallow, em maio, a executiva responsável pelo Now, Aparna Chennapragada, mostrou essa “intromissão” em funcionamento. Seu marido havia enviado a ela uma mensagem por meio do app Viber. Ele a lembrava de buscar roupas na lavanderia e citava o nome de um restaurante.

 

 

Quando acionado, o Now ofereceu a opção de ver o endereço, telefone, site do restaurante e mostrou aplicativos que poderiam fazer uma reserva nele. Além disso, o assistente ainda ofereceu de criar um lembrete para a executiva não esquecer de buscas as roupas.

 
Leitor de digitais
O Android M ainda terá suporte a leitor de digitais (o que dependerá dos celulares que o executarem). Essa opção servirá para os usuários autorizarem transações pelo Android Pay, o sistema de pagamento lançado pelo Google, que agora passa a rivalizar com a Apple nesse segmento.

 
Segurança e bateria
O novo sistema operacional trará ainda uma nova configuração de segurança para aplicativos receberem autorização para usarem outros recursos do celular. O intuito é dar aos usuários a escolha para apps acessarem microfone, contatos e outras funções do dispositivo no momento em que isso for necessário.

 
Para reduzir o consumo de bateria, o aparelho que rodar o Android M passará a consumir menos energia quando deixar de ser usado por certo tempo.

COMPARTILHAR
Matéria enviada ao Portal Notícias de Itaúna. As matérias enviadas e publicadas no Portal Notícias de Itaúna não refletem necessariamente a opinião do nosso Portal de Informações e são de inteira responsabilidade das pessoas que as assinam.